<$BlogRSDUrl$>

terça-feira, julho 15, 2003

A Factura Detalhada 

O Monsieur Antunès, emigrêsh marido de concièrge, assina com uma empresa de telecomunicações que lhe garante chamadas mais baratas para a terra. Como nunca lê as letras pequenas (nem as grandes) do contrato, não sabe que daí a dois meses (em França é tudo de dois em dois meses) vai receber uma factura detalhada em casa. Como bom português, o Monsieur Antunès anda enrolado com a moça da pastelaria. Como mau português, o Monsieur Antunès é desleixado e usa o telefone de casa para telefonar à maîtresse. A Madame Antunès, sendo porteira, passa muito tempo em casa, é a primeira a abrir o correio, lê-o todo de uma ponta a outra quando se entedia com o "C'est mon choix" (aqui não há novela, hélas, o universo telelixo de uma dona de casa francesa está circunscrito aos reality shows, concursos histéricos e esta versão soft do Jerry Springer). Mais cedo ou mais tarde, o Monsieur Antunès chega a casa e não tem o jantar feito porque a Madame Antunès descobriu através dos seus eficazes meios de espionagem que as 76 chamadas para um número que ela não conhecia não eram erro de facturação.
Qual é a reacção do Monsieur Antunès?

a) diz que estava em negociações com a pasteleira para fazer o catering de uma festa-surpresa em comemoração dos 27 anos de casados?

b) ajoelha-se e perde perdão por entre um dilúvio de lágrimas?

c) põe as culpas no Guterres?

d) manda a Madame dar uma volta e casa-se com a pasteleira, perfilhando o filho do carteiro, do leiteiro e do homem do lixo?

e) vai aos escritórios da empresa de telecomunicações armar um escarcel porque lhe deram cabo da vida?

E a resposta certa é... soem as trombetas rufem os tambores... alínea e)!!!
I was there, I saw it. O Monsieur Antunès, que tem um lindo Francês com sotaque de Chaves mas que na vida real responde por um outro nome, acaba de aprender uma grande lição: não desprezarás o poder da Factura Detalhada.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?